Segunda Carreira: Como Você Pode Conciliar 2 Trabalhos?

Nos dias de hoje não é raro encontrar pessoas dedicadas a mais de uma carreira. Seja por segurança, por estar em um momento de transição ou ainda pela paixão por mais de uma área, muitos indivíduos têm optado por uma jornada dupla.

Trata-se de uma opção interessante sob diversos aspectos, mas, se não for bem conduzida, corre o risco de se tornar um verdadeiro pesadelo. No artigo de hoje vamos dar algumas dicas para ajudar quem embarcou ou deseja embarcar nesse caminho profissional!

Algumas Regras de Ouro

Planeje seus passos: a primeira coisa é saber se a conciliação funcionará. Você precisa analisar os vários aspectos sobre as duas carreiras em que deseja embarcar e entender se elas serão compatíveis. Pense sobre aspectos como: o tempo que você precisará dedicar a cada uma, o investimento para se manter atualizado, os conflitos de interesse que podem surgir e a maneira como um determinado empregador ou cliente poderá enxergar a questão.

Além disso você deve se lembrar que a vida não é só trabalho. Como a dedicação a essas duas carreiras influenciará sua relação com sua família? O tempo que você dedica a si mesmo? Sua vida social? Tudo isso deve ser levado em conta! Após balancear todos os seus recursos, desejos e necessidades, se chegar a conclusão de que as duas carreiras são o melhor caminho, mãos à obra!

Tenha horários bem definidos: nada de misturar o tempo dedicado a cada atividade. Você precisa entender que as duas carreiras exigirão sua concentração e isso significa ter o momento adequado para lidar com cada uma, sem que haja interferência. Na maioria dos casos, a própria forma de contratação definirá isso por você, portanto seja disciplinado e respeite os intervalos propostos a cada uma!

Se, por exemplo, você trabalha como bancário e possui um bar que funciona no período noturno, evite a todo custo gastar tempo do seu trabalho no banco lidando com questões relacionadas ao bar. Isso pode reduzir sua produtividade, impedi-lo de solucionar os problemas do seu estabelecimento de forma apropriada e ainda deixá-lo com uma imagem ruim frente ao seu empregador.

Trace um Objetivo: existem vários pontos positivos em se conciliar duas carreiras, mas também há alguns problemas. A quantidade de energia demandada será muito grande e a rotina pode consumi-lo com o tempo, impedindo que você permaneça nessa situação por tempo indeterminado. Dessa forma saiba exatamente onde você quer chegar com cada projeto. De posse de um alvo claro será mais fácil para você saber o ponto em que se sentirá realizado, obtendo maior liberdade para pisar no freio na hora certa.

Encontre pessoas de confiança: nem sempre você estará disponível para solucionar todos os problemas que surgirem em cada atividade desempenhada. Mesmo que nunca seja necessário, é prudente ter um plano B!

Especialmente em situações críticas, que podem exigir sua atenção em momentos não planejados, você sempre precisará de alguém capaz de lhe cobrir. Encontre pessoas em que possa confiar e deixe-as informadas com, no mínimo, o básico para agirem em casos de emergências. Combine uma forma ágil de contato. São atitudes simples que podem impedir seu projeto de desmoronar.

Abra o Jogo Com Quem Julgar Necessário: uma tendência de alguns profissionais com mais de uma carreira é esconderem o fato, especialmente de empregadores e clientes. A grande questão é que a revelação pode se tornar pior, dependendo da forma como se dá.

Sendo assim, avalie com muito cuidado o impacto que a situação pode ter para as pessoas próximas a você, pessoal e profissionalmente. Se chegar à conclusão de que a informação é importante para alguém, deixe a situação bem clara. A transparência pode evitar uma série de problemas futuros!

Vença a Insegurança

Cada uma dessas dicas é importante para ajudá-lo a harmonizar seus dois projetos profissionais, mas elas não garantem o sucesso. Entenda que você terá um duro desafio pela frente e não há receita de bolo para vencê-lo.

Leave a Reply